terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Outra história desses óleos fantásticos para câncer de próstata.

Estou contanto esta história hoje, para que as pessoas que vão ler isto, talvez conheçam alguém ou estejam com esse problema. Eu tenho que divulgar, para que o esclarecimento aumente e o sofrimento diminua. Estamos hoje no 22 de novembro de 2013. Há mais ou menos 4 semanas atrás, um senhor me ligou de uma cidade próxima, perguntando sobre os óleos medicinais, ele nos disse que seu irmão, que tinha um problema de asia, e inclusive tomava omeprazol diariamente durante muitos anos, resolveu seu problema tomando os óleos de copaíba e andiroba. Ele queria saber como funcionava aquilo, que óleo era aquele ? Pois bem, conversamos e fui levar os óleos para ele em Varginha, uma cidade vizinha. Chegando lá, ele me perguntou diversas coisas sobre pressão alta, ferida de diabéticos, artrite, melanoma e câncer de próstata, pois ele tinha um tanto de amigos com esses problemas e ele, pressão alta. Passamos então para ele,12 óleos de copaíba, andiroba e castanhas do pará e fomos embora.
Na segunda semana, ele já ligou bem alegre, pedindo mais óleos, pois passou para um monte de gente que estavam com aqueles problemas mencionados. Hoje, estamos mais ou menos com um mês do primeiro contato e já levamos para ele uma remessa de 10 a 12 óleos por semana. Tinha esse senhor um problema de pressão alta que não controlava direito, nem com medicação dobrada. Pois bem, sua pressão abaixou tanto que ele estava comendo azeitonas para subir um pouco, então ela já estava quase controlada. Eu o disse que mais uns dias e estaria no ponto. Nessa sequência, ele passou para uma senhora com uma ferida de vários anos, que parece estar quase fechada. Isso nós já sabíamos, pois já curamos várias pessoas com feridas de décadas. Passou também para um senhor com melanoma no rosto que já estava atingindo os olhos e parece, pelo que ele nos disse, que já secou bem a ferida. Quanto o senhor do câncer de próstata, quando começou a tomar os óleos, já estava marcada a operação, pois ele não conseguia urinar, sentia uma dor muito grande e não dormia direito. Na primeira semana, ele me disse que o senhor doente da próstata, não sentiu mais dor, dormiu muito bem e estava bem disposto. Frisei para ele várias vezes que era para este senhor fazer outro exame, que eles chamam (PSA), porque se ele fizesse o exame, não precisaria mais operar. Ele me disse que não tinha mais jeito, pois já tinha marcado a operação e eu disse em seguida; Se operar vai ser sem necessidade.
Pois bem, hoje, 22 de novembro 2013, fui em Varginha levar mais óleos para esse senhor que está ajudando a curar um monte de gente e a notícia: o senhor do câncer de próstata fez o exame e a surpresa, ele não tem absolutamente nada na próstata, portanto, livre da operação. Fico imaginando a cara do médico quando pegou aquele exame que não resultou em nada.  Fico feliz e agradeço a Deus pela oportunidade de ajudar o irmão que sofre. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

sábado, 28 de dezembro de 2013

Como meu pai controlou a diabetes com os óleos da mata.

Meu pai, um senhor hoje com 81 anos de idade que desde os 45 anos tinha diabetes, sempre teve de fazer um controle rigoroso da alimentação e tomar remédios controlados. Num determinado dia, ele foi subir numa escada, desequilibrou-se e caiu, quebrou então a mão e o pé que foi engessado. Passados 20 dias, ele foi ao médico tirar o gesso para ver como estava desenvolvendo a solda do osso do pé, no caso o mais complicado. O médico tirou o gesso, examinou e disse: É, a coisa não está boa não. Vamos engessar outra vez, para ver se o osso emenda, se não funcionar, vamos ter de operar. Fui na casa dos meus pais e escutei esta história, peguei um óleo de copaíba e outro de andiroba e disse para ela dar para ele cedo e a noite, 5 gotas de copaíba e 3 gotas de andiroba de qualquer jeito, pois a única saída para emendar o osso rapidamente seria aquela, pois geralmente a operação em diabéticos, se começar a complicar é um Deus nos acuda e ninguém sabe onde vai parar. Passados os dias estipulado pelo médico para a retirada do gesso novamente, lá vai ele, tira o gesso, o médico examina, tira a radiografia e a surpresa; Agora sim emendou ou soldou os ossos e ele foi embora para casa tranquilamente. Nisso, falei para minha mãe continuar dando umas 2 gotinhas de cada óleo pra ele ao dia, para fortalecer e proteger seu organismo. Esses dias atrás foi feitos exames preventivos para ver como estava a diabete dele e outra surpresa; Estava ela controlada entre 90 mg/dl e 100 mg/dl, quando das vezes anteriores, sempre dava entre 300, 350, 400 mg/dl ou mais. Ficamos então sabendo que os óleos controlam a glicose no sangue. Não me perguntem como, pois eu não sei e ninguém sabe responder, só sei que controlou. Depois disso, ficamos sabendo de dezenas de casos de pessoas que hoje em dia controlam a diabete com os óleos normalmente, naturalmente, sem precisar de remédios químicos. Não custa nada a pessoa experimentar os óleos puros, pois não tem contra indicações ou toxidade alguma. O mais difícil é arrumar óleos puros para comprar. Geralmente nas farmácias, eles são misturados, manipulados e perdem a qualidade curativa e preventiva desses óleos milagrosos. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

domingo, 22 de dezembro de 2013

Copaíba e andiroba para HIV

 Me passaram este e-mail:
- O senhor conhece algum óleo ou planta que cure HIV ? Tenho um amigo que é portador desse vírus.
 Agradeço e aguardo uma resposta.

Então mandei-lhe como resposta:

Nunca contei esta história no blog, mas vou contar; Meus filhos falam pra eu não ficar contando pros outros, que as pessoas vão gozar de mim, mas é a realidade vivida por mim e agora você perguntando resolvi escrever este artigo sobre isto e seja o que Deus quiser. Um dia, uma moça nos disse que perto de sua casa tinha um rapaz que estava em estado terminal de aids e lá fomos nós atrás. Quando lá chegamos, a ambulância estava saindo com ele, conversamos com a vizinha, uma senhora bondosa que cuidava dele, pois parece que a família já o tinha abandonado. Fomos embora e voltamos no outro dia, quando chegamos em sua casa no outro dia pedimos pra entrar junto com sua vizinha que cuidava dele. Vou dizer agora o que vi; Um individuo de uns 1.90m de altura, que hoje vejo na rua ai com uns 80 kg devia estar com uns 40 e o que me impressionou muito foi a sua fraqueza, pois um mosquito que sentava em sua cara ele não espantava, nas pernas tinham feridas que fediam e que pareciam umas crateras, pelo que me disseram já tinha marcado para amputá-la. Sua situação era lamentável como ser humano em todos os sentidos. Sabemos por experiência que uma pessoa num estado desse, está com o sistema imunológico extremamente baixo, e em primeiro momento temos que elevar o seu sistema imunológico. Chamamos a vizinha que cuidava dele e lhe dissemos: só tem um jeito de salvar a vida do José Roberto, a senhora vai ter de dar estes óleos que eu vou lhe entregar agora, ele já não tem mais nada a perder e sinceramente ? Ele está em estado terminal.
Deixamos os óleos, fomos embora e com o passar do tempo, estávamos indo lá acompanhar o desenvolvimento dos óleos no doente semanalmente. Zé foi melhorando aos poucos. Uma das coisas que mais me impressionou foi a cicatrização das feridas em sua canela, onde não precisou mais amputar a perna. Eu nunca contei esta história porque realmente esta é de lascar!
Vou contar outra coisa que aconteceu com ele, que é simplesmente inacreditável, pois eu nunca tinha visto falar nisso até aquele momento. Me disse ele que estava tomando banho, e de uma hora pra outra pulou uma coisa de sua perna, que quando ele viu pensou que era as tripas, mas depois do susto e prestando atenção, percebeu que era uma lombriga de quase 2 metros. Saiu uma branca e outra preta, que depois de analisado, vimos que era uma solitária (elas não aguentam os óleos) que devia estar alojada nos músculos da perna, e não tendo por onde sair, fez uma ferida na perna por onde ela escapuliu. Essa é difícil de acreditar também, nunca contei mas agora criei coragem e estou contando.
 Conclusão da historia: Vai o Zé fazer novos exames e nos exames, em vez de dar soro positivo, o exame veio indeterminado, mas isto não existe ou é soro positivo ou soro negativo. Esse doente como era enfermeiro, perguntou para o médico: "Mas doutor, que diabo é isto de indeterminado, onde esta o vírus que não esta no sangue ?", e o médico o respondeu que estava escondido atrás do figado. Agora eu lhe pergunto: isto é resposta que se dá ? Isso não tem lógica, pois o vírus tem de estar no sangue, que ou é positivo ou negativo, e estamos conversados. Encontrei ele ontem por acaso, dei-lhe 2 óleos de copaíba e 1 de andiroba para tomar como preventivo. De uma turma de um monte de aidéticos que faziam tratamento, só sobrou ele que, esta gordo e vivendo uma vida normal!
Estes óleos -quando puros- matam os vírus, ou seja lá o que causa essa doença. Dê esses óleos puros para seu amigo e você vai descobrir que existe sim a cura da aids, assim como a do câncer, só que quem ganha muito dinheiro com isso, não quer que saibamos. Que deus ilumine você e seu amigo!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Como descobri uma doença chamada fibrose pulmonar.

Certo dia, uma senhora que me comprou óleo de copaíba e andiroba para problemas de artrite, que por sinal foi muito bom para ela, me disse que perto de sua casa morava um senhor muito doente do pulmão, com uma doença chamada fibrose pulmonar, cuja qual eu mesmo nunca tinha ouvido falar. Parece que esse senhor, pelo que viemos a saber, trabalhava numa empresa na parte de pintura, que sem a devida proteção e com o passar dos anos, atacou seus pulmões irreversivelmente. Nos disse a senhora que indicou o doente, que era para nós doarmos os óleos, pois parece que a família estava numa situação financeira difícil. Dissemos nós que iriamos atrás deste senhor para doar os óleos o mais rapidamente possível. Quando lá chegamos, vimos um senhor já num estado crítico, do qual ele já tinha de usar tubos de oxigênio, se encontrava muito inchado devido aos corticoides (anti-inflamatório que causa retenção de líquidos, além de atacar outros órgãos do corpo) e numa cadeira de rodas,  não conseguia mais andar sozinho. Vamos a história: Quando chegamos a sua casa, demos de cara com o senhor e perguntamos se ele queria os óleos, ele respondeu rispidamente que não, então o falamos que não era para vender, pois nós iriamos doar os óleos para ele para ver se o ajudava na sua doença, ele outra vez, rispidamente, nos disse que não queria os óleos nem de graça. Ficamos quietos e quando já íamos indo embora, apareceu sua esposa, que já sabia que iríamos procurá-la, fez-nos um sinal indicando que não era para ligar para ele não, pois o mesmo, devido a doença, no caso a falta de ar e o desconforto, geralmente era muito irritado. Depois de entregados os óleos, a sua esposa agradeceu e começou então o tratamento, dando todos os dias as gotas necessárias na boca do doente de pulmão.
Conclusão: Como um frasco de 10ml de óleo dá para mais ou menos 2 meses e o de andiroba para 4 meses, de dois em dois meses levávamos os óleos para ele. Para quem estava gordo, inchado, numa cadeira de rodas e a poder de oxigênio, agora nós o vemos a toda hora, andando normalmente pelas ruas, magro e parece disposto. Pra quem no primeiro dia não queria os óleos, nos disse sua esposa estes dias, que agora ele esconde os óleos e não deixa ninguém mexer, disse-nos também que ele não reclama de mais nada e graças a Deus, leva uma vida normal.
Se procurarmos na literatura médica sobre esta doença, vão ler que não tem cura de jeito algum e os remédios são de arrebentar, mas Deus, na sua bondade, nos reservou a cura milagrosa da mata. Os laboratórios farmacêuticos multinacionais estão cansados de saber disso, só que não querem que o povo saiba, pois seria a falência desta indústria bilionária. Os médicos não têm culpa, pois eles receitam o que os foi ensinado a receitarem, eles não têm outra opção. Portanto, a única solução é nos esclarecer!
Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Como curar de ácido úrico com os óleos da mata

O organismo, através da alimentação, forma um tipo de uma areia que chamamos -ácido úrico-, esta areia juntando nos rins faz formar pedras, que vão ocasionar cólicas de rins. Só quem já teve sabe o quão as dores são terríveis. Esta mesma areia pode se alojar também nas juntas, onde o sangue é mais frio e com o tempo esta areia vai gerar várias doenças, como gota, artrite, artrose, etc. Temos vários casos de controle de ácido úrico através dos óleos milagrosos da mata, que se fossem para todos serem contados, teríamos de escrever um livro. Vamos contar a história de um casal para que vocês façam comparações; Um rapaz e sua esposa faziam os exames de ácido úrico no sangue fluentemente, e sempre davam extremamente elevado aos dois, me parece que gostavam muito de um churrasco com cerveja aos fins de semana. Pois bem, depois de feitos os exames e para controlar o ácido úrico, o médico tem a sua disposição: receitas de sais para tomar e um severo regime de boca, onde não pode-se comer quase nada, e a pessoa que gosta de churrasco com cerveja nos fins de semana, pode desistir! Encontramos este casal por coincidência e oferecemos os óleos para tratamento e limpeza do sangue. Como é de costume, ficam desacreditados, mas depois de explicado que os óleos não têm contra indicações, começaram a tomar para fazer a experiência. Passam-se os dias e são feitos novos exames, certamente os exames já mostraram o controle total do ácido úrico. Estou contando a história deste casal porque é uma história onde o marido tomou, controlou e o mais importante, continuou tomando e comendo tudo a que tinha direito, sem regimes. Mas sua esposa não quis tomar de jeito algum, ficou só no tratamento médico e quando feito os exames, tudo estava descontrolado, mesmo fazendo um regime severo de boca.
Conclusão: O marido tomando os óleos conseguiu controlar o ácido úrico, fez os exames e tudo se normalizou, sem a necessidade regime algum. A esposa levada pela influência médica não quis tomar os óleos de jeito algum, feitos os exames e tudo estava descontrolado, infelizmente há gente que só acredita no "seu médico" e se o médico falar pra ela pular num buraco.. Ela pula! Aí fica difícil, pois a pessoa tem de ter maleabilidade para entender que nós temos opções diferentes de cura dos males através de produtos naturais da mata e o mais importante; Sem fazer mal algum ao organismo. A única coisa que tem de ser feita é comprar os óleos puros, ou seja, de uma boa procedência. Que Deus nos proteja!
Contatomatavivaengenharia@gmail.com


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Óleo de copaíba e andiroba para enxerto de pele.

Nesta vida, quanto mais a gente acha que aprende, mais a gente vê que não sabe de nada. Estes dias, entrei num comércio e vi um rapaz de uns vinte e poucos anos mancando, com uma atadura no pé e de muletas. Como sou curioso, perguntei-o o que seria aquilo e ele começou a me contar a história; Trabalhava de servente de pedreiro, ao fazer a massa de cimento, sem proteções e descalço, o seu pé começou a dar uma ferida que se alastrou de tal maneira que foi preciso fazer enxerto (tira-se uma parte de pele da coxa para refazer a parte no pé), mas ele me disse que o negócio estava difícil, pois o enxerto estava sendo rejeitado. Falei para ele tudo sobre os óleos medicinais da mata, e então resolveu tentar, talvez pudesse ajudá-lo. Ele me deu seu endereço, e no mesmo dia, eu fui até sua casa de noite.
Me mostrando o enxerto, eu vi uma situação de inchaço e a parte de pele enxertada, parecia preta, escura, dando grande impressão de rejeição. Eu o disse que aqueles óleos eram bons pra muitas coisas, mas aquilo ali eu nunca havia tentado, mas não custaria tentar, pois os óleos iriam fazer sangue novo regulado e não teria contra indicações alguma, se não fizesse bem para aquele caso, mal também não faria. Ele me disse: É vou tentar, pois já não sei mais o que faço, estou sofrendo muito com isso, não tenho como trabalhar e a coisa está sem solução pelo que estou vendo! Passados mais ou menos 2 semanas, voltei à sua casa para ver como estava, a curiosidade era enorme quanto aquele caso diferente para mim. O que dá mais alegria pra gente é quando as pessoas nos vêem e abrem um sorriso de satisfação; sua mãe e seu pai me tratam com muita educação, e aí me ponho a pensar: Óh.. deve ter sido muito bom mesmo para ele! O que eu prestei atenção é que no primeiro dia a pele do enxerto estava preta, escura e parecia não correr sangue, agora estava toda rosada e saudável. Eu imaginei então, que o corpo naquela situação antiga, não aceitava o enxerto e agora o aceita, pois a parte enxertada estava se incorporando ao corpo.
Conclusão: Um enxerto que estava quase descartado, perigando até o indivíduo ter de cortar o pé, renovou-se, incorporou-se ao corpo e hoje, após 3 meses, o que a gente vê é simplesmente uma pequena cicatriz dos lados em -forma de quadrado-. João já está trabalhando normalmente, com mais cuidado -é claro- quanto a proteção necessária para seus pés. Agora, o que estou querendo entender, é como os óleos que jogam o sistema imunológico lá pra cima, conseguiram refazer aquele enxerto, tendo em vista que a medicação que ele estava usando, no caso os 'imunossupressores' fazem justamente o contrário. Como entender isso ? Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

sábado, 30 de novembro de 2013

Óleos de copaíba e andiroba para úlcera varicosa ou ferida do diabético.

Existem determinadas feridas tipo úlcera varicosa ou ferida do diabético, que não existe remédio na medicina que possa curar. A única coisa que cicatriza, cura e fecha realmente estas feridas, são estes óleos medicinais da amazônia (puros). Temos casos de pessoas que já conviviam com estas feridas à décadas e após tomarem os óleos, dentro de semanas, fechou e cicatrizou-as. Sendo isto um processo inflamatório e os anti-inflamatórios existentes, além de não curar, fazem é um mal medonho. Então, nós temos que partir para os anti-inflatórios naturais e poderosíssimos, que são estes óleos milagrosos e que não têm contra indicações. Como sempre faço, vou contar uma história como exemplo das várias que conhecemos; Existe um farmacêutico amigo meu que toma os óleos medicinais como preventivo, e a esposa de um freguês dele tinha uma ferida na canela há anos que a fazia sofrer muito. Este farmacêutico, com muita dó do sofrimento desta senhora, resolveu fazer o teste com os óleos para ela tomar e ver o resultado final. Estou eu um dia em casa à tarde, e alguém bate ao portão; Quando atendi, era o farmacêutico meu amigo desesperado atrás dos óleos, pois ele não tinha mais e precisava deles rapidamente. O que aconteceu foi o seguinte; O marido da senhora com a ferida na perna, após duas semanas, veio correndo à farmácia atrás de mais óleos, pois a ferida de sua mulher, que já durava há anos, estava fechando e cicatrizando, e o farmacêutico dizendo a ele que não tinha mais, deixou o homem apavorado que disse: Se vire, me arranje este óleo de qualquer jeito. E tem que ser agora! Não tendo outro jeito perante a situação, o farmacêutico teve que me procurar rapidamente para conseguir os óleos puros da mata. Perguntei depois como foi, e o farmacêutico me disse que em sua vida profissional nunca tinha visto uma ferida daquela proporção curar em tão pouco tempo. Escrevi essa história porque sei que existe milhares de pessoas nesta situação sem solução, todas as feridas crônicas, úlceras ou feridas de diabético só são curadas com estes benditos óleos -quando puros-. E volto a dizer, os óleos têm de ser puros para serem eficientes no tratamento. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Uma história de mioma no útero.

Minha esposa vende óleos medicinais da amazônia como preventivo, mas no dia a dia encontramos pessoas com as mais diversas moléstias e situações. Temos que contar as histórias para que pessoas na mesma situação, possam com esclarecimento se curar rapidamente, sem sofrimento e sem gastos desnecessários. Uma mulher de ao menos 35 anos encontrou minha esposa, ela tinha um problema grave de mioma no útero e pelo o que ela contou, já tinha marcado cirurgia para tirar o ovário devido ao estado crítico do problema. Parece que sangrava direto, era como se tivesse menstruada constantemente. Aí minha esposa a perguntou se ela interessava nos óleos, pois os mesmo iriam resolver seu problema e ela não precisaria mais operar. Ela duvidou da história, pagando para ver. Aceitando ela tomar os óleos, foi feita a proposta para ela pegar os óleos, -que são frascos de 10 ml de copaíba e andiroba- e tomar durante uns 15 dias, e que se fosse bom, ela então pagaria, se não houvesse efeito, não pagaria.
Observação: Esta proposta de vender e receber depois e não precisar pagar se não solucionado o problema, a gente faz porque temos a certeza que o resultado será fantástico. A pessoa ficará super feliz e nós também, e na sequência ela vai continuar tomando para proteger seu organismo. A qualidade do óleo é fundamental, pois na maioria das vezes, os óleos a venda, principalmente em farmácias, são manipulados, não fazendo o efeito desejado. Mas vamos a sequência da história; Passados 20 dias, fomos averiguar o acontecido e colher informações para ver como foi o resultado. Aí então a doente conta uma história que para ela é um milagre, mas para nós que já nos acostumamos com estes produtos fantásticos, já era praticamente uma certeza. Foi averiguado no primeiro contato físico que a doente de mioma no ovário estava com a metade do peso, a minha esposa não acreditou quando viu a moça bem mais magra, desinchada e corada, e a notícia sensacional para ela e para nós normal; Fez os exames e não iria mais precisar operar, pois os miomas tinham desaparecido e ela estava ótima. Fazemos questão de contar essas histórias para que as pessoas se esclareçam e possam entender que acima de tudo existe Deus, que já nos largou na natureza todos os remédios para a cura de todas as moléstias, simples e rapidamente. Criamos este blog para contar essas histórias, no intuito de ajudar outras pessoas que estejam passando por situações semelhantes e sofrendo de graça. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

Óleo de copaíba para o coração.

Uma senhora sogra de um amigo, tinha problemas graves no coração e foi fazer exames numa cidade próxima com os médicos mais capacitados no assunto. Parece que ela tinha que operar o coração, pois só a operação resolveria seu problema. Quando feitos os exames, os médicos constataram que ela não poderia operar, pois das veias do coração, duas estavam secas e outra estava super fina, já quase estourando. Mandaram a desenganada embora para sua casa, sem solução. Chegando na casa deste meu amigo, estava sua esposa chorando, sem o que fazer e dizendo que os médicos cardiologistas desenganaram sua mãe. Eu disse para ela então; Olha, já que a situação já está neste ponto, temos que fazer uma última tentativa para ver o que acontece, já não temos nada a perder. Sugeri que sua mãe começasse a tomar os óleos medicinais, pois aleguei que os mesmos iriam refazer e regenerar as veias do coração de sua mãe. Fizeram uma reunião todos os filhos para decidirem se davam ou não os óleos medicinais para a doente. Que fique bem claro que durante todo o tempo que a doente do coração estava indo aos cardiologistas, eu estava insistindo para ela tomar os óleos pois seria muito bom para ela, mas seus filhos nunca aceitaram. Quando viram que ela foi desenganada, aí já não tendo outra solução, aceitaram dar os óleos para ela tomar e assim foi feito; Geralmente quando a pessoa está doente, ela está desanimada, sem vontade de fazer nada, prostrada e o que vai mostrar se a pessoa está ficando boa ou não é justamente se a sua disposição vai melhorar, porque é aí que a pessoa começa a levantar da cama, já não tem mais paciência para ficar de repouso. Resolve então fazer alguma coisa  dentro de casa, começa a comer e ter apetite para um monte de coisas e quando prestamos atenção, aquele doente que não saia de casa, já está andando para todo lado. Isto logicamente quer dizer que ela melhorou, pois foi justamente o que aconteceu com a senhora doente do coração. Conclusão: Um ano depois, novos exames e foi feita a operação com sucesso, os óleos de copaíba e andiroba puros deram condições para que o organismo se fortalecesse produzindo sangue novo e regulado. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

domingo, 17 de novembro de 2013

Óleo de copaíba e andiroba para câncer da próstata.

Nos indicaram numa tarde um senhor que estava com câncer de próstata, que já tinha marcado a operação para tirá-la e fomos nós atrás dele. Explicamos a ele os efeitos do óleo, ele concordou e os pegou. Começou o senhor a tomar os óleos e veio reclamar para nós que não ia mais os tomar, pois após começar veio uma dor que ele não sentia anteriormente. Engraçado é que cada pessoa tem um efeito diferente; esta semana passei para um senhor que também está com operação marcada. Estava com muita dor e dificuldades para urinar, após tomar os óleos a dor passou rapidamente e a dificuldade de urinar também. Por isso eu digo, cada caso é diferente um do outro, só tendo o resultado final igual: a solução do problema. Quanto a dor do primeiro senhor, expliquei-o que isso poderia acontecer por uns dias, pois a inflamação devia estar muito forte e os óleos medicinais indo para cima da ferida, era como se estivesse queimando para cicatrizar. Falei para ele não desanimar, pois talvez seria só por alguns dias, depois a dor passaria e ele iria ficar bom talvez sem precisar operar. Ele acreditou e deu sequência ao tratamento. Com o passar dos dias, a dor inicial foi cedendo, acabou e ele continuou a tomar os óleos. O que a gente percebe geralmente é que as pessoas perdem peso (desincham), ficam mais coradas e com o aspecto melhor. Este senhor, não sei se por conta dos remédios químicos, estava inchado e dentro de duas semanas desinchou bastante. Lá vai o senhor ao médico preparar para a operação e este ficou impressionado com o aspecto do mesmo, comentando que ele estava com uma boa aparência; o que ele havia feito ? E ele disse: nada! -sempre dizemos para não contarem ao médico, pois eles são contra os remédios naturais-. Resolve o doutor fazer novos exames no paciente antes da operação. Feito os exames a surpresa é grande: Não tinha absolutamente nada na próstata o senhor que estava adoentado. Me dizendo depois o senhor que o doutor começou a fazer perguntas e mais perguntas sobre o que ele tinha feito ou comido, pois aquilo era muito estranho, não batia com a normalidade daqueles casos.
Conclusão: Os tumores cancerígenos vivem do sangue, quando a pessoa começa a tomar os óleos é como se o sangue fosse veneno para o tumor, pois temos vários casos de pessoas com tumores que estes, depois de feitos os exames, estavam pretos, secos, completamente sem vida. Os médicos ficam realmente apavorados com esta situação, pois não entendem o porque disso. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Óleo de copaíba e andiroba para púrpura.

O corpo humano geralmente tem de 150 à 400 mil plaquetas por ml de sangue. Plaquetas é o que faz o sangue coagular, no caso de uma operação, se a pessoa estiver com o número de plaquetas muito baixo, é impossível fazer a operação, pois pode causar uma hemorragia incontrolável e o paciente vir a falecer. Estes óleos medicinais -copaíba e andiroba-, como fazem sangue novo no tutano (centro dos ossos), regulam o sangue quanto as plaquetas, glóbulos brancos (sistema de defesa) e os glóbulos vermelhos. A explicação sobre púrpura: Quando as plaquetas estão abaixo de 50 mil por ml de sangue, o indivíduo já pode ficar preocupado e quando estas chegam a um índice de 10 mil à 15 mil plaquetas por ml de sangue, chega-se num ponto em que o sangue começa a se esvair pelos orifícios do corpo -olhos, ouvidos, nariz, etc- Isto porque o sangue não coagula. Que fique bem claro que para a medicina moderna e incompetente, esta doença é incurável. Todas as histórias que contamos são verídicas, mas não citamos nomes para preservar a identidade da pessoa e quando citamos nomes, são fictícios. Geralmente quando se opta pelos óleos medicinais, é porque o doente já tentou tudo a que tinha direito na medicina tradicional, já viajou para grandes centros, gastou o que tinha e o que não tinha, pra não resolver nada. Pois bem, vou contar uma história de um doente de púrpura; Este doente que nós tratamos com copaíba e andiroba, já estava desenganado, com uma média de 10 a 15 mil plaquetas por ml de sangue e se definhando pela perda constante de sangue pelos orifícios do corpo. E começou a tomar os óleos contrariado, porque em sua cabeça, achava que era bobagem para aquele problema. Mas como ele e a família estavam desesperados, ele começou a tomá-lo. Passados 15 dias, fizeram um novo exame e qual a surpresa do médico quanto ao exame ? Deu 70 mil plaquetas por ml de sangue, acima de 50 mil, portanto, fora da zona de perigo. E aí o mais interessante foi que o médico o perguntou se ele tinha feito alguma promessa, pois aquilo era um milagre. Na sua vida, ele nunca tinha visto aquilo; E o mais intrigante, foi em apenas 2 semanas e o doente no caso, muito orgulhoso, saiu a falar que foram os remédios tradicionais que o curaram, sabendo ele que o próprio médico não havia entendido absolutamente nada. Mas já estamos acostumados com a ingratidão do ser humano em relação às bençãos divinas. Quando ajudamos alguém, não estamos preocupados com a ingratidão das pessoas, pois isto é comum, fazemos sabendo que Deus tudo sabe e tudo vê. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Infecção de urina e a solução natural.

Infecção de urina é um problema que se torna crônico porque geralmente na primeira infecção, principalmente em mulheres, é feito o tratamento com antibióticos que resolvem o problema, mas com o tempo a infecção volta: e mais antibióticos. Com o passar do tempo, depois de várias idas e vindas da infecção, ela se torna crônica aí então a causa de infecção se torna o próprio remédio, que são os antibióticos. Como solucionar agora este problema que causa muitas dores e desconforto, e que se for uma infecção constante, sem solução, pode vir a ocasionar um câncer futuro ? Nesses 10 anos trabalhando com os óleos medicinais da mata, descobrimos que o óleo de copaíba e andiroba puro são anti-inflamatórios e antibióticos poderosíssimos, que curam qualquer infecção rapidamente e sem contra indicações deixando a pessoa rapidamente bem. As vezes me perguntam: Mas se é assim, por que as farmácias e laboratórios não vendem esses produtos ?  Eu lhes respondo: Porque para eles é anti econômico, não dá dinheiro. Imagine você que um indivíduo, por exemplo, esteja com uma infecção de urina e tome os óleos para curar aquela infecção, mas na sequência ele curou também mais dois ou 3 problemas orgânicos, que por ventura ele tivesse. Como vai fazer para os laboratórios venderem remédios para cada doença diferentemente se um remédio só cura várias doenças de uma só vez ? Eu, por exemplo, há 10 anos quando descobri os óleos medicinais nas matas do Pará, eu tinha sinusite crônica, nefrite (infecção dos rins) e continuadamente cólica de rins, devido pedras que se ajuntavam. Todos estes 3 problemas nunca mais me incomodaram. O que fazemos escrevendo essas histórias, é dar uma opção e visão diferentes para que as pessoas tenham esclarecimentos, no sentido de entenderem que existem sim outras alternativas para todas as doenças, mas quem ganha dinheiro com a indústria da doença e sofrimento humanos, não quer que vocês saibam. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

óleo de copaíba para curar doença de crohn.


Um dia minha irmã me falou que perto da casa dela existia uma menina de 7 a 8 anos de idade que sofria muito e fazia sua mãe sofrer com uma determinada doença que os médicos não descobriam direito do que se tratava. Não conseguia ela comer quase nada, pois tudo pra ela fazia mal, era muito magra e debilitada. Quando sua mãe contou sua história para minha irmã, relatou que a pobrezinha chorava muito nas festas de crianças na escola por não poder comer nada, ficava com vontade mas se comesse passava mal demais. Pois bem, vou eu pesquisar o que poderia ser aquilo; chegamos a conclusão de que aquilo era um tipo de inflamação no intestino, que os médicos chamavam de doença de crohn. A criança estava se definhando a olhos vistos dia a dia, pois lógico que não podendo se alimentar estava cada vez mais fraca e magra. Então, resolvemos doar os óleos milagrosos da mata para ver o que iria se suceder. Pedimos para sua mãe lhe dar 5 gotas ao dia e guardar segredo dos óleos medicinais aos médicos. E assim foi feito; Com o passar dos dias, como normalmente a inflamação sede, pois os óleos são anti-inflamatórios e antibióticos naturais poderosíssimos. A criança então voltou a alimentar-se normalmente e logicamente engordou. Ela fez o tratamento durante uns 6 meses e hoje não tem absolutamente nada, é uma criança normal e come de tudo. Grande parte das histórias que contamos neste blog, os óleos foram doados, pois visamos primeiramente a vida humana. Descobri que nos E.U.A morrem muitas pessoas anualmente por conta desta doença e o tratamento -quando existe- é extremamente doloroso para o paciente. Escrevemos estas histórias simples para os óleos medicinais da mata, mas extremamente complicados para a medicina moderna. O objetivo é; esclarecer e mostrar que temos sim outras opções de curas fantásticas e simples na natureza. Quem está doente e sofrendo, sentindo dores, não comendo direito e se definhando quer resultados, quer a cura. De conversa fiada, prosa ruim e 'nhenhenhé' nós já estamos de saco cheio, e é isto que a medicina moderna nos proporciona; voltas e mais voltas, solução que é bom.. nada!
Escrevemos isto porque não aguentamos mais tanta enganação, tanta engabelação e falta de resultados concretos. Chega de sacanagem, queremos a cura rapidamente, sem sofrimentos e sem gastar dinheiro atoa, sem resultados. A solução toda está nas plantas medicinais da mata, que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Como curar de Lúpus rapidamente e sem enganação.

Existem diversas doenças envolvendo o sistema de defesa humano. Não sabemos o porque, mas o sistema de defesa do corpo (glóbulos brancos) ao invés de defender o organismo contra as doenças, ele faz o contrário, ataca o organismo causando um desarranjo sem controle. Pois bem, se uma pessoa for ao médico e for detectado que ela tenha lupus, o médico vai dizê-la que cura não há. Mas como a medicina está muito avançada, hoje, "existem medicamentos que controlam a doença para que a pessoa possa ter uma vida normal". Não contando para os pacientes que os remédios receitados, com o tempo causa efeitos colaterais irreversíveis no organismo. O que me leva a achar ou ter mesmo a certeza, é que eles nunca vão direto ao problema para resolvê-lo, porque isso acabaria com os lucros envolvidos, por isso esta estória de "controlar a doença". Temos casos de pessoas com lupus, que após começarem a tomar os óleos, melhoraram rapidamente, sem segredo. Aliás, o segredo é um só; sistema imunológico, sangue novo em abundância, com todos os elementos desejados para que o organismo mesmo defenda o corpo contra tudo. O que escrevemos tem por objetivo esclarecer às pessoas que existe sim, outras opções de cura com produtos naturais, mas quem ganha dinheiro em cima de doenças, não quer que vocês saibam. Vou dar um exemplo bem simples para vocês verem como funcionam as coisas: Estes dias atrás, encontrei uma moça que tinha herpes desde criança -sofreu isso a vida toda-, pois nunca achou um remédio que solucionasse o problema. O remédio para aquilo seria desenvolver seu sistema de defesa (sangue novo regulado). Pois bem, passei os óleos para ela e ela nunca mais teve absolutamente nada, pois simplesmente, regulou seu sistema de defesa. Mais um exemplo: O câncer só ataca o organismo quando seu sistema de defesa está fraco. Quando uma pessoa está com câncer e a medicina à trata com quimioterapia, jogando o sistema de defesa do paciente lá em baixo, eles estão nadando contra a maré, pois o certo seria: aumentar o sistema de defesa do doente para que o próprio organismo se defendesse do cancro. Mas eles fazem o contrário, como acreditar nisso ? Por isso, aconselhamos que tomem os óleos de copaíba e andiroba puros Mata Viva, juntamente com castanhas do pará tipo exportação e imunize-se contra todas as enfermidades. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

sábado, 12 de outubro de 2013

Limpeza total com os óleos e castanhas da mata.

Num certo dia, sábado, bateram no portão da minha casa e fui atender; era um pessoal de São Paulo que vieram passear em minha cidade e ouviram falar dos óleos e castanhas que vendíamos através de um senhor que tinha fibrose no pulmão, cujos tratamentos com os óleos tinham sido magníficos. Vamos a esta história: Duas senhoras da turma estavam bem adoentadas; Uma tomava muitos remédios para reumatismo, artrite e artrose, -estes remédios que ela tomava geralmente produzem efeitos colaterais em outros órgãos do corpo-. A outra tinha leucemia e psoríase na cabeça, eu acho, que também surtidos dos efeitos dos remédios. Sempre que entregamos os produtos da mata, ficamos esperando para ver qual foi o resultado final. A senhora que tinha artrite, eu acho que por conta dos remédios, -no caso, corticoide-, estava muito inchada, com retenção de líquidos, a cara muito vermelha, a pele muito feia e viemos a saber depois; tinha também gordura no fígado,
e me disse ela também, que o médico informou que não tinha cura. A esta senhora com artrite, disse eu para ela ir tomando os óleos e castanhas e deixar de lado os remédios violentos que estava tomando; com dois dias o inchaço já tinha ido embora. Passando os dias veio ela muito alegre com a notícia de que a gordura no fígado que o médico disse que não tinha jeito, depois de exames feitos, desapareceu, limpou a pele, ela não toma mais remédios químicos e mantém a saúde só com os produtos naturais. A outra senhora que tinha leucemia e psoríase na cabeça, foi para São Paulo, não a vi mais e só faço contato com ela para mandar óleos e castanhas pelo correio, mas pelo telefone me disse que a psoríase na cabeça, depois de uma semana tomando os óleos acabou, e a leucemia, depois de feito o exame de sangue estava normalizada, pois regulou os glóbulos vermelhos, os glóbulos brancos e as plaquetas. 
Observação: Os óleos da mata (copaíba e andiroba), junto com as castanhas, tem a capacidade de fabricar sangue novo no tutano (medula óssea). Temos casos de pessoas com leucemia -já na fila do transplante de medula-, que tomando os óleos, a medula voltou a funcionar e fabricar sangue novo. Morre-se de graça por desinformação e má fé de quem põe o dinheiro na frente da vida humana. Todo mês mando pra São Paulo óleos e castanhas do pará para essas senhoras e essa turma, que vão repassando uns aos outros.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Como uma pessoa com metástase vive normalmente ?


Na minha cidade existia uma associação por nome AZAPAC, que dava assistência para cancerosos. Uma das moças que trabalhavam nessa associação ficou com muita dó de uma senhora por nome Roseli, essa senhora já tinha feito mais de 70 sessões de quimioterapia e já estava desenganada pelos médicos. Dizendo ela para nós que o médico a disse que sua chance de sobrevivência era de 2% para não dizer que não havia mais chance alguma. Como acontece na maioria das vezes, é nessa situação de abandono que as pessoas recorrem a uma última tábua de salvação na esperança de salvar a vida. Fomos de noite atrás da dona Roseli e fizemos a oferta, se ela aceitaria que nós a ajudássemos com os óleos milagrosos da amazônia; ela nos disse que não tinha mais nada a perder. Começamos a especular a situação de sua doença e ela começou a nos contar que tinha câncer nos ossos, no sangue, na cabeça, nos rins, etc. Quer dizer: Ela já estava com metástase, o câncer tinha tomado todo seu corpo. Vamos agora ao acontecido na sequência em que ela começou a tomar os óleos; Disse-nos ela, que para controlar as dores do câncer, tinha que tomar 2 injeções de morfina de uma só vez, pois só uma já não estava resolvendo. Aí contou-nos uma história que mesmo a gente convivendo no dia a dia com os milagres do óleo, ficamos estupefados pelo ocorrido. Disse ela que num dia estava com tanta dor, estava quase a desmaiar, quando tomou 10 gotas de copaíba e dali a 5 minutos, a dor foi embora. Pensamos: Mas meu Deus, estes óleos são ainda mais poderosos do que imaginávamos. Observação: Toda farmácia vende óleo de copaíba, mas na maioria das vezes é falso, diluído e manipulado, é aí então que não faz o efeito desejado. Pois bem, este acontecido faz 5 anos e dona Roseli vive normalmente, sem dores, tomando os óleos. Neste caso, o engraçado é que ela não pode ficar sem os óleos que toma diariamente, pois se ela fica sem os óleos, começam a voltar os sintomas do câncer. Não sei porque não a curou de uma vez; mas pra todos os efeitos, ela mantém um padrão de vida ótimo tomando os óleos. Diferentemente de remédios químicos que tem severas contra-indicações, estes óleos milagrosos não tem contra-indicações nenhuma, podendo tomar continuadamente, sem problemas. Pra se ter uma idéia, eu, minha esposa e meus filhos tomamos estes óleos diariamente já faz ao menos 10 anos como preventivo, pois os óleos fabricam sangue novo e depuram nosso organismo, nos protegendo de todas as doenças.
Conclusão: Temos na natureza a cura sem sofrimento para todas as doenças e os laboratórios farmacêuticos sabem disso, mas pra eles, não interessa curar ninguém pois acaba a fonte de lucros. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

O que descobri sobre câncer de colo do útero.


Um certo dia, uma senhora muito doente e passando muito mal foi ao médico fazer uns exames, pois estava inchada, retendo líquidos e com muitas dores. O médico a examinou e mandou-a fazer vários exames. Feitos os exames o médico constatou que a senhora tinha câncer no colo do útero e que a doença já tinha tomado todo o útero, não tinha mais nada a fazer, disse ele que não valia nem a pena abrir, pois seria apenas um sofrimento a mais. A notícia que a largou ainda mais desorientada foi que, disse o médico, que ela só teria mais 3 meses de vida. Agora vejam essa história e como a providência divina vem na hora certa para ajudar: Sai a paciente do consultório médico, chorando, passando em frente a uma casa ela escutou minha esposa que vende óleos de copaíba, andiroba e castanhas do pará Mata Viva, fazendo a propaganda de seu produto para a saúde e prevenção humana, e como ela nos contou depois, ficou escutando aquela conversa. Quando ela viu que a vendedora de produtos naturais desocupou, ela encostou e perguntou o que era aquilo e a vendedora fez a propaganda de seus produtos. Pegou ela, 2 vidros de copaíba, 1 de andiroba e castanhas do pará (tipo exportação-crocante). Vou contar o que ela contou que aconteceu de madrugada no primeiro dia, depois de tomar os óleos e comer a castanha: De madrugada ela acordou e a cama estava toda ensopada, muita água, pus e sangue, ficou ela apavorada com aquilo e pensou "estou morrendo", mas já que o médico lhe deu 3 meses de vida, ela achou que estava morrendo já. O dia amanheceu, ela levantou se sentindo bem e pensou: É vamos ver no que vai dar. Foi tomando os óleos todos os dias, fazendo então, diminuir o inchaço, a barriga d'água e a disposição voltou. Ficou ela, neste tratamento, dois meses. Passando 60 dias, resolveu voltar ao médico; quando ela entrou no consultório, o doutor ficou apavorado e perguntou a ela o que ela tinha feito, pois ela estava bem mais magra, corada e disposta. Que milagre ela tinha feito ? Foi quando ela mostrou para o doutor os óleos puros, milagrosos da floresta Amazônica que a deixaram daquele jeito, o doutor agora queria abri-la para ver o acontecido e ela disse que só queria fazer agora os exames para ver como seu útero estava. Como foi a surpresa do doutor, quando viu seus exames e disse para ela que seu útero estava como o de uma menina.
Conclusão: Os óleos copaíba, andiroba e castanhas mata viva limparam, regeneraram e salvaram mais uma vida. Pra quem acha uma história desta majestosa, pra nós é simplesmente normal, pelo tanto de pessoas que já vimos curar de males de todo tipo.
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

Tão difícil para a medicina, mais do que fácil para a natureza.


  Descoberta sobre problemas da coluna:
Fui até a casa de um senhor fazer um acerto financeiro, entrei dentro de sua casa, me acomodei ao sofá e ao olhar na outra poltrona, lá estava sua esposa muito pálida e com os olhos muito fundos que para a gente que é acostumados a tratar gente doente, percebi que ela estava com algum problema. Perguntei: A senhora está doente ? Ela respondeu: Sim, tenho sérios problemas de coluna, não durmo à noite de tanta dor e não consigo fazer nada, pois a dor me incomoda muito e o médico me falou que eu posso me acostumar, pois este problema não tem solução.
Foi ela pra dentro do quarto e voltou com um raio x da coluna, me explicando que o médico falou pra ela que não tem jeito pelo seguinte motivo; Entre as vértebras, existe uma cartilagem que amacia e lubrifica o local, mas que no caso dela mostrando o raio x, já não tinha mais esta cartilagem, portanto, sem solução para a medicina e os remédios tradicionais. Que fique bem claro que os remédios receitados para aquele problema, além de não solucionar nem aliviar, faz é um mal medonho e a pessoa ainda sofre mais. Pois bem, expliquei para ela sobre os óleos e perguntei se ela se interessava pelos produtos e se iria tomar, me disse ela que na posição que estava, já em desespero, faria qualquer coisa para acabar com a dor. Como já eram aproximadamente 4 horas da tarde, eu a disse que traria os óleos no mesmo dia, pois talvez naquela noite mesmo ela dormiria melhor. E assim fiz; falei para ela que não daria certeza, mas que talvez poderia melhorar seu sofrimento. Passados 2 dias, voltei a sua casa para saber como foi o acontecido, e aí a senhora, já bem corada, (o óleo fabrica sangue novo), me disse muito alegre que estava trabalhando fazendo os afazeres da casa e cozinhando normalmente, sem dores. Fiquei muito satisfeito e agradeci a Deus por mais uma pessoa aliviada de dores. Estes dias atrás, encontrei seu esposo, que brincou comigo que sua mulher estava até dando salto mortal de tão boa que ficou e nós rimos juntos, satisfeitos. Conclusão: Eu acho que os óleos entram, no caso, como antiinflamatórios naturais e regenerando o tecido lesionado, no caso aí, as cartilagens.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

O que descobri sobre reumatismo no sangue.


Num dia de feira, sábado, encontrei um amigo que há muito não via; conversa vai, conversa vem, ele disse que estava com um problema de saúde: o reumatismo no sangue. Disse que doía seu corpo inteiro tendo dias que não tinha como trabalhar de tanta dor. Os médicos disseram para ele se acostumar com as dores pelo resto da vida, pois não existia cura e nem jeito para aquela doença. Falei para ele fazer o teste com o copaíba e andiroba Mata Viva que talvez pudesse ser a sua solução. Deve ele ter tomado uns 3 frascos de copaíba 10ml e 2 de andiroba 10ml, a dor foi embora para nunca mais. Estes dias, após 4 anos o encontrei, perguntei-lhe sobre a doença e ele me perguntou em seguida: Que doença ? Eu lhe disse: O reumatismo de sangue que você tinha. Ele então disse que já tinha esquecido, pois nunca mais teve mais nada. Conclusão: Uma doença que para a medicina tradicional não tinha cura e o doente tinha que se acostumar com as dores, para os óleos copaíba e andiroba mata viva foi brincadeira de criança e curou de vez o doente de maneira simples demais!
Depois disto, um dia ficamos sabendo que um garoto de aproximadamente 14 anos não estava conseguindo acompanhar os outros alunos na escola por passar muito mal com o mesmo reumatismo no sangue e sofria muito com aquilo, fazendo sua mãe também sofrer. Procuramos sua mãe e lhe passamos os óleos mata viva e a história foi a mesma, começou a tomar e já seguiu uma vida normal, sem dores. Após 3 ou 4 frascos estava curado para nunca mais.
Observação: Para qualquer tipo de reumatismo, estes óleos puros (100% puros) são fantásticos.

domingo, 28 de abril de 2013

Ômega 3 e Ômega 6 são fundamentais.



Os ácidos graxos poliinsaturados são essenciais, pois o organismo não consegue sintetizá-los e precisa obtê-los através dos alimentos. Sua deficiência pode causar transformação do crescimento, modificação da pele, alterações imunológicas, neurológicas e de conduta. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a recomendação da ingestão total de gordura é de 15 a 30% da ingestão diária, sendo que menos de 10%
provenientes de gordura saturada (carnes, laticínios integrais, manteiga e etc.), 10% ou mais de gorduras monoinsaturadas, (azeite de oliva, óleo de canola, peixes, castanhas), e 6 a 10% de gorduras  poliinsaturadas (óleos de milho, soja e girassol).

Ácido Graxo Ômega 3 
Apresenta efeitos benéficos na prevenção de doenças cardíacas, na hipertensão, no diabetes tipo 2, na artrite reumatoide entre outras.
Alimentos ricos em ômega 3: peixes gordos (atum, anchova, carpa, arenque, salmão e sardinha), sementes e óleo de canola, óleo de linhaça, nozes, castanha do brasil etc.

Ácido Graxo Ômega 6
Ajudam na redução dos níveis de LDL (colesterol ruim) e do colesterol total e na regulação hormonal. Alimentos ricos em ômega 6: óleos vegetais (milho e canola), soja, girassol, sementes e oleaginosas
(nozes, castanhas), etc.

É importante ter o equilíbrio na proporção de ômega-3 e ômega-6 ingeridos. O ideal é chegar a uma proporção de cinco a dez partes de ômega 6 para uma parte de ômega 3, devendo-se sempre respeitar
esta relação, pois hoje em dia as pessoas costumam consumir uma quantidade bem maior de ômega 6 do que ômega 3, podendo causar um desequilíbrio no organismo. Esse desequilíbrio pode atuar no organismo de diversas maneiras. Muitas de suas conseqüências já são registradas pela literatura médica como: arteriosclerose, Alzheimer, doença cardíaca coronária, trombose, vários tipos de câncer, elevação da pressão arterial, elevação dos triglicerídeos no sangue, asma, psoríase, colite ulcerativa, doenças ósseas, entre outras.

Uma boa imunidade é o melhor amigo que podemos ter.



O sistema imunológico que nos protege contra todos os agentes agressores (poluição, estresse, por exemplo), e doenças, que pela formação de radicais livres podem desenvolver o câncer, processos de envelhecimento relacionados às doenças cardíacas, mal de Parkinson e Alzheimer. Até porque não tem como deixar de entrar em contato com alguns destes agentes agressores. 

 O sistema imunológico é como uma legião de seguranças internos a nos proteger, lutando constantemente contra esses invasores, expulsando as células defeituosas, rondando os órgãos e sistemas no intuito de não deixar nenhum problema se instalar. E se ainda assim algo errado ocorrer, lá vão os soldados à luta árdua na tentativa de restabelecer a ordem. Mas o difícil é que sempre que esse quadro se instala, deixa debilitado o organismo. Por isso é preciso buscar manter a imunidade o melhor possível.
   Pois bem, então como fazer para assegurar uma ótima ação do sistema imunológico? Sem mágicas, milagres ou ações mirabolantes, basta se alimentar corretamente, fazer atividade física regularmente, eliminar o tabagismo, no caso dos fumantes, evitar o uso de bebidas alcóolicas, baixar os níveis de ansiedade e estresse. 
É importante manter a microbiota intestinal saudável, pois muito do trabalho de desintoxicação do organismo é feito no intestino, sem dizer da necessidade de uma situação intestinal saudável para a ótima absorção dos nutrientes, vitaminas e minerais.  
  Será que tudo o que você consome (de saudável) é amplamente absorvido? Cansaço, apatia, indisposição, queda de cabelo, fraqueza, sonolência, unhas fracas ou com manchas e tantas outras coisas podem ser resultado de falta de macro e/ou micronutrientes. E essa falta pode estar ligada não a ausência do consumo, mas da pouca absorção e disponibilidade desses nutrientes, justamente por uma condição imunológica intestinal desfavorável. Já pensou nisso? 

Minha receita simples. 2 gotas de copaíba, 1 gota de andiroba, mais 1 castanha do Pará. Três alimentos funcionais perfeitos que irão te proteger de tudo.

O vetor da doença ou da saúde.

                   
     
O que é; 
 O sangue é um tecido conjuntivo líquido, produzido na medula óssea vermelha, que flui pelas veias, artérias e capilares sanguíneos dos animais vertebrados e invertebrados. O sangue é um dos três componentes do sistema circulatório, os outros dois, são o coração e os vasos sanguíneos.

    Funções;
 Ele é responsável pelo transporte de substâncias (nutrientes, oxigênio, gás carbônico e toxinas), regulação e proteção de nosso corpo.
 
 Composição do sangue;
Nele encontramos o plasma sanguíneo, responsável por 66% de seu volume, além das  hemácias, dos leucócitos e das plaquetas, responsáveis por aproximadamente 33% de sua composição.A maior parte do plasma sanguíneo é composta por água (93%), daí a importância de sempre nos mantermos hidratados ingerindo bastante líquido. Nos 7% restantes encontramos: oxigênio, glicose, proteínas, hormônios, vitaminas, gás carbônico, sais minerais, aminoácidos, lipídios, uréia, etc.Os glóbulos vermelhos, também conhecidos como hemácias ou eritrócitos, transportam o oxigênio e o gás carbônico por todo o corpo.  Essas células duram aproximadamente 120 dias, após isso, são repostas pela medula óssea. O glóbulos brancos, também chamados de leucócitos, são responsáveis pela defesa de nosso corpo. Eles protegem nosso organismo contra a invasão de microorganismos indesejados (vírus, bactérias e fungos). De forma bastante simples, podemos dizer que eles são nossos "soldadinhos de defesa".
 Nele encontramos o plasma sanguíneo, responsável por 66% de seu volume, além das  hemácias, dos leucócitos e das plaquetas, responsáveis por aproximadamente 33% de sua composição.
A maior parte do plasma sanguíneo é composta por água (93%), daí a importância de sempre nos mantermos hidratados ingerindo bastante líquido. Nos 7% restantes encontramos: oxigênio, glicose, proteínas, hormônios, vitaminas, gás carbônico, sais minerais, aminoácidos, lipídios, uréia, etc.
Os glóbulos vermelhos, também conhecidos como hemácias ou eritrócitos, transportam o oxigênio e o gás carbônico por todo o corpo.  Essas células duram aproximadamente 120 dias, após isso, são repostas pela medula óssea.
O glóbulos brancos, também chamados de leucócitos, são responsáveis pela defesa de nosso corpo. Eles protegem nosso organismo contra a invasão de microorganismos indesejados (vírus, bactérias e fungos).
De forma bastante simples, podemos dizer que eles são nossos "soldadinhos de defesa".






domingo, 17 de março de 2013

Como descobri o enfisema pulmonar.



Um doente de enfisema pulmonar deve ser a coisa mais triste que possa existir. Imagine você sem ar. Bom, mas vamos a mais uma história fantástica e ao mesmo tempo difícil de acreditar.
Hoje, para o doente de enfisema, a medicação existente é só para complicar, e cura mesmo que é bom... De jeito algum! Como a gente passa o óleo pra diversas moléstias, desta vez fomos conduzido a um senhor com enfisema pulmonar que já estava em estado grave (só respirava através do balão de oxigênio). Como de praxe, as pessoas só tomam o óleo quando já não tem mais jeito para a medicina tradicional, pois esse senhor que era produtor rural que não tinha disposição para nada e não podia sair de casa por causa do oxigênio começou a tomar o óleo de copaíba. Os dias vão passando e o senhor João já se anima de ir para a roça e já tem uma disposição que não tinha dias atrás. Vai o senhor joão fazer um exame e leva para o médico analisar, quando o médico pega o exame, fica bravo e diz para trazerem o verdadeiro porque aquele não era o do senhor João. Alegaram que era sim, mas ele não quis saber, mandou fazer outro e disse que aquele exame não era o dele. Volta o sr. João ao laboratório, faz outro exame e vai novamente ao médico e o entrega, que abriu, examinou e disse: "Mas é impossível. Tem certeza que esse exame é seu ?" Tendo resposta afirmativa e não acreditando, pegou o telefone e ligou para o laboratório onde foi feito o exame e conversou com o profissional que o realizou, confirmando outra vez que o exame era do doente de enfisema. Depois de tudo isso, pergunta o doente do pulmão o que acontecia, e o médico estupefado diz para ele que não está entendendo nada, pois o exame que ele tem em mãos é de um pulmão de um jovem e não de um doente de enfisema pulmonar. Para a gente que está acostumado com os milagres do óleo, em cânceres de pulmão, já acreditávamos desde o começo que seria bom para a enfisema pulmonar, só não imaginávamos que o resultado seria tão rápido e fantástico como foi. Depois deste caso, já fiquei sabendo de mais dois casos de cura de enfisema, através do óleo de copaíba puro e isto porque na maioria das vezes a pessoa doente cura sem a gente saber o que ela tinha. Na natureza existe a cura para todas as moléstias, isto é inacreditável mas é a realidade.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Mais uma doença inflamatória sem cura.



Miosite
 é uma doença da qual os músculos se encontram inflamados devido a um trauma, infecção bacteriana ou virótica, doenças auto-imunes (o próprio sistema imunológico do organismo ataca a si mesmo), por certos medicamentos e até mesmo por esforços físicos excessivos. Ela pode atingir todas as regiões do corpo provocando inflamações e causar a degeneração dos tecidos dos músculos progressivamente, resultando na perda de massa muscular. A miosite pode ainda afetar as artérias e vasos sanguíneos que percorrem o músculo.
Este tipo de patologia prejudica muito a qualidade de vida do indivíduo que se sente indisposto e dolorido para fazer todo tipo de atividade, pois seus músculos se encontram debilitados. Os músculos que são tecidos responsáveis pelos movimentos, nas miosites tornam-se fracos e não conseguem desempenhar o seu papel. Assim, o indivíduo com miosite acaba adquirindo uma deficiência em movimentos simples como subir escadas, levantar os braços, levantar de uma posição sentada e caminhar. Muitos ainda têm dificuldade para engolir e respirar.
Pessoas que se sentem fadigadas por simples movimentos e ainda sentem dores devem procurar um médico o quanto antes para que ele possa avaliar o caso e ver se há miosite, pois o reconhecimento precoce da doença é essencial. O diagnóstico da doença é confirmado após a realização de vários exames. Através do exame de sangue, por exemplo, pode-se saber se há alteração nas enzimas produzidas nos músculos e caso os valores estejam acima dos considerados normais, significa que há alteração inflamatória muscular.
O médico ainda poderá solicitar um exame de eletromiograma para avaliação e registro da atividade elétrica produzida pelo músculo, e uma biópsia do músculo afetado. A biópsia consiste na remoção de um pequeno pedaço do tecido muscular para que se possa fazer a análise e realizar um diagnóstico definitivo. Este procedimento não causa dores no paciente, pois antes da remoção do tecido usa-se um anestésico local.
Infelizmente a miosite não tem cura. No entanto os sintomas da doença podem ser tratados e o indivíduo poderá levar uma vida aparentemente normal. Opções de tratamento incluem medicamentos específicos (imunossupressores, corticosteróides, antiinflamatórios, etc.), terapia física e reabilitação, onde o paciente passará por um programa de terapia de manutenção física para melhorar e manter a resistência muscular, o tônus e flexibilidade. O tratamento irá variar de pessoa para pessoa e pode mudar ao longo do tempo.

Preocupe com o que tem importância.


  Uma boa imunidade é o melhor amigo que podemos ter, pois é o sistema imunológico que nos protege contra todos os agentes agressores (poluição, estresse, etc.), e doenças, que pela formação de radicais livres podem desenvolver o câncer, processos de envelhecimento relacionados às doenças cardíacas, mal de Parkinson e Alzheimer. Até porque não tem como deixar de entrar em contato com alguns destes agentes agressores. 

 

O sistema imunológico é como uma legião de seguranças internos a nos proteger, lutando constantemente contra esses invasores, expulsando as células defeituosas, rondando os órgãos e sistemas no intuito de não deixar nenhum problema se instalar. E se ainda assim algo errado ocorrer, lá vão os soldados à luta árdua na tentativa de restabelecer a ordem. Mas o difícil é que sempre que esse quadro se instala, deixa debilitado o organismo. Por isso é preciso buscar manter a imunidade o melhor possível.
          
Pois bem, então como fazer para assegurar uma ótima ação do sistema imunológico? Sem mágicas, milagres ou ações mirabolantes, basta se alimentar corretamente, fazer atividade física regularmente, eliminar o tabagismo, no caso dos fumantes, evitar o uso de bebidas alcóolicas, baixar os níveis de ansiedade e estresse. 
 É importante manter a microbiota intestinal saudável, pois muito do trabalho de desintoxicação do organismo é feito no intestino, sem dizer da necessidade de uma situação intestinal saudável para a ótima absorção dos nutrientes, vitaminas e minerais.  
Será que tudo o que você consome (de saudável) é amplamente absorvido? Cansaço, apatia, indisposição, queda de cabelo, fraqueza, sonolência, unhas fracas ou com manchas e tantas outras coisas podem ser resultado de falta de macro e/ou micronutrientes. E essa falta pode estar ligada não a ausência do consumo, mas da pouca absorção e disponibilidade desses nutrientes, justamente por uma condição imunológica intestinal desfavorável. Já pensou nisso? 

Minha receita é simples! 2 gotas de copaíba, 1 gota de andiroba e 1 castanha do pará. 3 alimentos funcionais perfeitos que irão te proteger de tudo e fortalecer o sistema imunológico

domingo, 10 de março de 2013

A fonte da juventude.



   Todos certamente, em algum momento de suas vidas, já ouviram falar da fonte da juventude. Poucos, no entanto, se deram conta de que ela pode estar mais próxima do que muitos pensam. Simbolicamente, podemos dizer que cada pedaço dela se encontra em um lugar. Um deles, talvez, um dos mais importantes, está na alimentação. Nesse aspecto, existe na natureza alimentos que podem dar uma boa revigorada em nosso organismo, um deles é a castanha do Pará. Aparentemente trata-se de um alimento minúsculo, mas, na prática, traz muitos benefícios à saúde das pessoas que o ingerem.

 Ao ingerir essa pequena substância, a pessoa estará incorporando ao seu organismo um mineral extremamente importante para ter uma vida longa e saudável. Trata-se do selênio, substância responsável pelo combate ao envelhecimento celular, cuja origem está na formação dos radicais livres que acabam com as células.
 O consumo diário de duas castanhas do pará já é suficiente para que se aumente em 65% o teor de selênio no sangue. É isso que atesta estudo realizado pela Universidade de Otago, na Nova Zelândia. Nesse aspecto, vale lembrar que pela castanha do pará que é produzida no norte e no nordeste do Brasil ser muito rica, a ingestão de apenas uma castanha já é suficiente para proporcionar ao organismo um acréscimo considerável de selênio no organismo. No caso da criança então, o consumo de meio grão já é suficiente. Na realidade, os benefícios do selênio são muitos amplos. Para se ter uma ideia, protege o cérebro e pelo fato de combater os radicais livres, acaba preservando as células nervosas, o que é fundamental para que com o passar dos anos, a pessoa não seja acometida por doenças neurodegenerativas. Ela também é fundamental para o bom funcionamento da tireoide, pois sem o selênio simplesmente não há a produção dos hormônios. Além disso, ajuda o organismo a expulsar as toxinas e os metais pesados que se encontram nas células e, a medida que faz essa limpeza no organismo, previne tumores, fortalece o sistema imunológico e por ser rica em gorduras mono e polinsaturadas, reduz os níveis de colesterol ruins do sangue e, ao mesmo tempo, aumenta o bom colesterol, o que impede o surgimento de doenças cardiovasculares.

Outros benefícios;
 Além de todos esses benefícios que o selênio provoca no organismo, vale lembrar que a castanha do pará também possui magnésio, responsável pelo bom funcionamento cardíaco, das células nervosas e pela formação dos ossos. Há outros ganhos também, pois contém o ômega 3, que proporciona uma melhoria na memória, nas habilidades motoras, na velocidade de reação e, o que é mais importante, reduz o estresse. Como se vê, as aparências enganam, quem vê um grão minúsculo da castanha do pará, não tem consciência do tesouro que carrega nas mãos. Portanto, em vez de se entupir de remédios, e ficar sujeito aos seus efeitos colaterais, o negócio é recorrer a natureza e se beneficiar desse abençoado alimento.

Nosso sangue tem que ser alcalino.

Nosso sangue não pode ser ácido

Nosso sangue não pode ser ácido

Quando falamos de saúde física – prevenção, manutenção e revitalização -, equilíbrio emocional e inteligência plural, a única proposta verdadeira para desfrutarmos ao máximo a nossa condição humana, é necessário que tenhamos consciência de que, verdadeiramente, tudo isso depende essencialmente da qualidade de vida de nossas células que, por sua vez, depende do equilíbrio ácido-base dos líquidos que se encontram dentro e fora delas.
No mundo da química as substâncias, quando dissolvidas em meio aquoso, classificam-se como ácidas ou alcalinas.

Substâncias ou meios ácidos são aqueles com excesso de carga positiva, e alcalinos são aqueles com excesso de carga negativa. Para simplificar, nós químicos, usamos uma unidade de medida desta acidez ou alcalinidade que chamamos de "pH". Assim, existe uma escala de pHs que varia de zero a 14, onde:
pH = zero -> indica o máximo de acidez ou carga positiva;
pH = 7,00 -> indica a neutralidade;
pH = 14 -> significa o máximo de alcalinidade ou carga negativa.
Nossos líquidos corporais – linfa, sangue e líquido crânio-sacral - representam cerca de 65% da massa total de um corpo adulto, e o sangue, pelas suas funções de grande transportador, mediador, solvente, provedor e agente de ligação entre os órgãos e tecidos, é o mais importante. A faixa ideal de pH do sangue humano está entre 7,36 a 7,42; portanto, levemente alcalino.

E, variações bruscas deste pH sanguíneo irão comprometer não só o estado de consciência do Ser, como também poderá colocar em risco a própria vida. Se o pH do sangue baixa a um valor de 6,95 (levemente ácido), a pessoa poderá entrar num estado de coma, e, no outro extremo, um sangue humano com pH a partir do 7,7 irá desencadear um estado de irritação extrema, espasmos, propensão à tetania e convulsões.

Em síntese, a qualidade de vida de uma célula está diretamente relacionada ao pH do sangue que a irriga continuamente.
Reforçando: o sangue, o líquido no qual a célula está mergulhada, tem de ser mantido constantemente com o pH ideal: entre 7,36 – 7,42.
Qualquer diminuição no pH do sangue, que é a situação mais comum em nossa sociedade, irá refletir-se na desvitalização das células, ou seja, células com vida mais curta e, necessariamente, envelhecidas.
A causa mais típica desta situação metabólica é a ingestão frequente de alimentos que acidificam rapidamente o sangue: açúcar branco, farinha branca, carnes (principalmente a vermelha e a de suínos), frituras, alimentos "aditivados" pelo progresso industrial, alimentos instantâneos, congelados ou excessivamente cozidos, bebidas gasosas, etc. Enfim, tudo aquilo que conhecemos como alimentos de natureza biocida (bio = vida + cida = mata), ou seja, alimentos que matam a vida.
Estes alimentos são os grandes protagonistas para acelerar o processo de envelhecimento, a baixa vitalidade e produtividade, os desequilíbrios emocionais e, finalmente, as doenças.
Pelo tempo que esse ciclo vicioso (maus hábitos alimentares) durar, o organismo irá manter-se sob padrões de degeneração orgânica contínua, e a chegada da doença será inevitável.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Alimento funcional perfeito.



Castanha do para adquire status internacional como alimento funcional perfeito.
Imagine um produto que reúna os aminoácidos essenciais para o crescimento, micro nutrientes que previnem o câncer, a catarata, o envelhecimento e ativam as atividades cerebrais. Este produto existe, é um alimento vegetal, brasileiro, pode ser consumido em forma de bolacha, biscoito, salgadinho tira-gosto ou cereal matinal com formas, cores e sabores diversificados. É a castanha-do-brasil (Berthollitia excelsa), também conhecida como castanha-da-amazônia ou castanha-do-pará. Este arsenal de saúde, por enquanto, está rotineiramente ao alcance dos moradores da Amazônia, a região produtora da castanha, e dos países importadores.
Em outras regiões do Brasil, a castanha ainda é só um produto da cesta natalina. Mas a sua popularização parece ser uma questão de tempo. Uma pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), além de ajudar a divulgar as propriedades nutricionais da castanha-do-brasil, chegou à fórmula capaz de transformá-la em produto de larga aceitação pelos consumidores e forte apelo comercial. Um cereal matinal é o fruto de uma pesquisa de três anos que valeu a Maria Luzenira de Souza, da Universidade Federal do Acre, o título de Doutora em Tecnologia de Alimentos.

 O processo de beneficiamento começa com a redução, por prensagem, da quantidade do teor de óleo da castanha, de 68% para 25%. O óleo, de altíssima qualidade, é comestível e está sendo usado também como matéria-prima de produtos farmacêuticos e cosméticos como sabonetes. À torta - o resíduo da prensagem - se acrescenta a farinha de mandioca, na proporção média de 70% de castanha e o restante de farinha. A farinha de mandioca ajuda a diluir o teor de óleo que ainda fica na castanha e a aumentar o teor de fibras. “Conseguimos o que pretendíamos: um produto menos calórico do que a amêndoa e de alto valor proteico”, explica a pesquisadora. Para ela, a castanha-do-brasil pode, tranquilamente, substituir a soja como fonte de proteínas, alternativa à carne, ou ser consumida associada à soja. “A castanha-do-brasil é a carne vegetal. Duas castanhas correspondem à proteína de um ovo, considerado a proteína completa, com a vantagem de, como alimento vegetal, não conter colesterol”, garante Luzenira.

 Para a doutora em Tecnologia de Alimentos da Unicamp, Hilary Castle Menezes, orientadora da tese, “a castanha não é remédio, mas um alimento funcional importante na prevenção de doenças, de crianças até os mais idosos”. A proteína da castanha tem aminoácidos essenciais para o crescimento, daí a importância dessa oleaginosa na alimentação infantil. A castanha é rica em selênio, elemento protetor, cuja falta está diretamente relacionada a doenças como aterosclerose, artrite, cirrose, enfisema e câncer. Pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, descobriram, ainda, que o selênio interage com a química do organismo para oferecer proteção contra as células cancerígenas, especialmente na mama.

Sistema de defesa é o segredo de tudo!


A AIDS, também definida como SIDA, é a síndrome da imunodeficiência adquirida. Seus portadores apresentam inúmeros sintomas e infecções, o que resulta no dano ao sistema imunológico.
Seu contágio se dá através da contaminação pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). Este vírus ataca principalmente os linfócitos que comandam a defesa de nosso organismo.
Como conseqüência do ataque pelo vírus HIV, o número de linfócitos é diminuído drasticamente e o organismo humano fica completamente desprotegido contra uma série de doenças oportunistas e infecções.
Para entendermos um pouco mais sobre esta doença, é interessante sabermos que o HIV é um retrovírus (vírus com genoma de RNA) que age infectando nossas células e, uma vez dentro delas, multiplica-se rapidamente.
Este vírus provoca a morte dos linfócitos (células de defesa) devido a grande quantidade de novos vírus que produz em seu interior. Quando infectadas, as células de defesa são atacadas pelo sistema imunológico, pois, por apresentarem proteínas do vírus em sua membrana, nosso organismo não é mais capaz de  reconhecê-las.
Há ainda linfócitos infectados pelo HIV que não apresentam replicação de vírus, contudo, mesmo nestes casos, a célula perde suas funções devido a presença deste invasor em seu núcleo.
O vírus da AIDS geralmente é transmitido através de secreções genitais ou pelo sangue. Seu contágio ocorre via sexual, intravenosa ou de mãe para filho.
Apesar de ainda não existir cura para esta doença, há tratamentos muito eficazes que diminuem a proliferação do vírus.



Previna-se.





Fórmula da coca-cola; um veneno lento.

 Aula sobre refrigerantes; Na verdade, a fórmula ‘secreta’ da Coca-Cola se desvenda em 18 segundos em qualquer espectrômetro-ótico, e basicamente até os cachorros a conhecem. Só que não dá para fabricar igual, a não ser que você tenha uns 10 bilhões de dólares para brigar com a Coca-Cola na justiça, porque eles vão cair matando. A fórmula da Pepsi tem uma diferença básica da Coca-Cola e é proposital exatamente para evitar processo judicial. Não é diferente porque não conseguiram fazer igual não, é de propósito, mas próximo o suficiente para atrair o consumidor da Coca-Cola que quer um gostinho diferente com menos sal e açúcar. Entre outras coisas, fui eu quem teve de aprender tudo sobre refrigerante gaseificado. Para produzir o guaraná Golly por exemplo, aqui (nos EUA), usa o concentrado Brahma. Está no mercado até hoje, mas falhou terrivelmente em estratégia promocional e vende só para o mercado local, tudo isso devido à cabeça dura de alguns diretores. Tive que aprender química, entender tudo sobre componentes de refrigerantes, conservantes, sais, ácidos, cafeína, enlatamento, produção de label de lata, permissões, aprovações e muito etc. e tal. Montei um mini-laboratório de análise de produto, equipamento até para analisar quantidade de sólidos, etc. Até desenvolvi programas para PC para cálculo da fórmula com base nos volumes e tipo de envasamento (plástico ou alumínio), pois isso muda os valores e o sabor. Tivemos até equipe de competição em stock-car. Ora, a imensa quantidade de sal que a Coca-Cola usa (50mg de sódio na lata), você logo vê que a Coca-Cola fica igualzinha a qualquer outro refrigerante sem-vergonha, porcaria, adocicado e enjoado. É exatamente o Cloreto de Sódio em exagero (que eles dizem ser ‘very low sodium’) que refresca e ao mesmo tempo dá sede em dobro, pedindo outro refrigerante, e não enjoa porque o tal sal mata literalmente a sensibilidade ao doce, que também tem de montão: 39 gramas de ‘açúcar’ (sacarose). É ridículo, dos 350 gramas de produto líquido, mais de 10% é açúcar. Imagine numa lata de Coca-Cola, mais de 1 centímetro e meio da lata é açúcar puro… Isso dá aproximadamente umas 3 colheres de sopa CHEIAS DE AÇÚCAR POR LATA!… – Fórmula da Coca-Cola ?… Simples: Concentrado de Açúcar queimado – Caramelo – para dar cor escura e gosto; ácido ortofosfórico (azedinho); sacarose – açúcar (HFCS – High Fructose Corn Syrup – açúcar líquido da frutose do milho); extrato da folha da planta COCA (África e Índia) e poucos outros aromatizantes naturais de outras plantas, cafeína, e conservante que pode ser Benzoato de Sódio ou Benzoato de Potássio, Dióxido de carbono de montão para fritar a língua quando você a toma e junto com o sal dar a sensação de refrigeração. O uso de ácido ortofosfórico e não o ácido cítrico como todos os outros usam, é para dar a sensação de dentes e boca limpa ao beber, o fosfórico literalmente frita tudo e em quantidade pode até causar decapamento do esmalte dos dentes, coisa que o cítrico ataca com muito menor violência, pois o artofosfórico ‘chupa’ todo o cálcio do organismo, podendo causar até osteoporose, sem contar o comprometimento na formação dos ossos e dentes das crianças em idade de formação óssea, dos 2 aos 14 anos. Tente comprar ácido fosfórico para ver as mil recomendações de segurança e manuseio (queima o cristalino do olho, queima a pele, etc.). Só como informação geral, é proibido usar ácido fosfórico em qualquer outro refrigerante, só a Coca-Cola tem permissão… (claro, se tirar, a Coca-Cola ficará com gosto de sabão). O extrato da coca e outras folhas quase não mudam nada no sabor, é mais efeito cosmético e mercadológico, assim como o guaraná, você não sente o gosto dele, nem cheiro, (o verdadeiro guaraná tem gosto amargo) ele está lá até porque, legalmente tem que estar, (questão de registro comercial), mas se tirar você nem nota diferença no gosto. O gosto é dado basicamente pelas quantidades diferentes de açúcar, açúcar queimado, sais, ácidos e conservantes. Tem uma empresa química aqui em Bartow, sul de Orlando. Já visitei os caras inúmeras vezes e eles basicamente produzem aromatizantes e essências para sucos. Sais concentrados e essências o dia inteiro, caminhão atrás de caminhão! Eles produzem isso para fábricas de sorvete, refrigerantes, sucos, enlatados, até comida colorida e aromatizada. Visitando a fábrica, pedi para ver o depósito de concentrados das frutas, que deveria ser imenso, cheio de reservatórios imensos de laranja, abacaxi, morango, e tantos outros (comentei). O sujeito olhou para mim, deu uma risadinha e me levou para visitar os depósitos imensos de corantes e mais de 50 tipos de componentes químicos. O refrigerante de laranja, o que menos tem é laranja; morango, até os gominhos que ficam em suspensão são feitos de goma (uma liga química que envolve um semipolímero). Abacaxi é um festival de ácidos e mais goma. Essência para sorvete de Abacate? Usam até peróxido de hidrogênio (água oxigenada) para dar aquela sensação de arrasto espumoso no céu da boca ao comer, típico do abacate. O segundo refrigerante mais vendido aqui nos Estados Unidos é o Dr. Pepper, o mais antigo de todos, mais antigo que a própria Coca-Cola. Esse refrigerante era vendido obviamente sem refrigeração e sem gaseificação em mil oitocentos e pedrada, em garrafinhas com rolha como medicamento, nas carroças ambulantes que você vê em filmes do velho oeste americano. Além de tirar dor de barriga e unha encravada, também tirava mancha de ferrugem de cortina, além de ajudar a renovar a graxa dos eixos das carroças. Para quem não sabe, Dr. Pepper tem um sabor horrível, e é muito fácil de experimentar em casa: pegue GELOL spray, aquele que você usa quando leva um chute na canela, e dê um bom spray na boca! Esse é o gosto do tal famoso Dr.Pepper que vende muito por aqui. – Refrigerante DIET... Quer saber a quantidade de lixo que tem em refrigerante diet ? Não uso nem para desentupir a pia, porque tenho pena da tubulação de pvc… Olha, só para abrir os olhos dos cegos: os produtos adocicantes diet têm vida muito curta. O aspartame, por exemplo, após 3 semanas de molhado passa a ter gosto de pano velho sujo. Para evitar isso, soma-se uma infinidade de outros químicos, um para esticar a vida do aspartame, outro para dar buffer (arredondar) o gosto do segundo químico, outro para neutralizar a cor dos dois químicos juntos que deixam o líquido turvo, outro para manter o terceiro químico em suspensão, senão o fundo do refrigerante fica escuro, outro para evitar cristalização do aspartame, outro para realçar, dar ‘edge’ no ácido cítrico ou fosfórico que acaba sofrendo pela influência dos 4 produtos químicos iniciais, e assim vai… A lista é enorme. Depois de toda essa minha experiência com produção e estudo de refrigerantes, posso afirmar: Sabe qual é o melhor refrigerante? Água filtrada, de preferência duplamente filtrada, laranja ou limão espremido e gelo… Mais nada !!! Nem açúcar, nem sal. Prof. Dr. Carlos Alexandre Fett, Faculdade de Educação Física da UFMT, Mestrado da Nutrição da UFMT, Laboratório de Aptidão Física e Metabolismo – 3615 8836 Consultoria em Performance Humana e Estética.

 **O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ ACABA DE BEBER UMA LATA DE REFRIGERANTE**

Primeiros 10 minutos:10 colheres de chá de açúcar batem no seu corpo, 100% do recomendado diariamente. Você não vomita imediatamente pelo doce extremo, porque o ácido fosfórico corta o gosto. 20 minutos:O nível de açúcar em seu sangue estoura, forçando um jorro de insulina. O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura (É muito para este momento em particular). 40 minutos: 
empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo. As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina, ou seja, está urinando seus ossos, uma das causas das OSTEOPOROSE. 60 minutos: As propriedades diuréticas da cafeína entram em ação a tudo que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora, junto, coisas das quais farão falta ao seu organismo. *Pense nisso antes de beber refrigerantes. Se não puder evitá-los, modere sua ingestão! Prefira sucos naturais. Seu corpo agradece! *Se achar interessante, repasse. Certamente estará fazendo bem a alguém.
Retirei  da Internet e repasso a todos.