domingo, 16 de fevereiro de 2014

Tuberculose curada com os óleos da mata.

Esses tempos atrás, uma senhora me procurou para pegar óleos para seu sobrinho que estava internado com tuberculose e estava muito ruim em Cachoeira Paulista-SP. Passou um mês mais ou menos e veio me contar a historia; disse ela que dentro de duas semanas, o doente de tuberculose teve alta e os médicos ficaram sem entender nada. Pensei: muito bom! Mas fiquei quieto, pois não acompanhei e só ouvi a história.
Resolvi agora contar uma historia de tuberculose a partir do depoimento de um amigo do Pernambuco que achei muito convincente, e vamos a ela:
Depoimento do senhor Roque de Recife sobre tuberculose e hernia, é o que falo para vocês, até eu fico impressionado e olha que faz 12 anos que fico vendo isto constantemente. E aí só tem um jeito; agradecer ao nosso senhor Jesus cristo, o mestre do absoluto, por este milagre em nossa vidas!

Vamos ao depoimento do senhor Roque:
"Como havia prometido de postar um depoimento a respeito do uso desses óleos em um caso que aconteceu com uma pessoa da minha família, também vou falar a respeito de um senhor que recebeu esses óleos da minha mão, e que maravilhas vem acontecendo na sua saúde.

Em relação ao da minha família foi o seguinte:

A adolescente acometida de uma suspeita de TB (tuberculose), se internou com a respiração em 60%, vez ou outra expelia secreção de sangue, tudo que comia o pulmão dóia e por conta disso, lá no hospital, ficou se alimentando apenas com soros e no oxigênio e isso durante uns dois dias, nada comia. Antes desse internamento acontecer, eu havia começado a dar os óleos para ela um dia antes e mesmo assim o quadro piorou ao ponto de se internar. Pois bem, quando ela se internou, eu fui o seu acompanhante 24 horas durante uns 4 dias e desde o início eu dava os óleos antes de dormir e ao acordar todos os dias, sem os médicos saberem. Pelo quadro dela, que era de suspeita de TB, ela ficou até usando máscara, não podia retirar se alguém adentrasse no quarto e quem entrasse teria que usar a máscara também e o tratamento requer semanas de tratamento e ela ficou internada apenas dez dias. No terceiro dia a moça já estava fora do oxigênio, sentada na cama, rindo e pedindo pra comer. No dia posterior, eu vindo pelo corredor para entrar no quarto, ouví dois médicos comentando o quadro dela; quando ela entrou no hospital para o quadro naquele momento, abismados com tanta recuperação rápida. Bem, exames foram feitos e todos dando negativos, inclusive, o exame do escarro para confirmar se era realmente TB. Quando vieram usar antibióticos mais caros e pesados, ela já estava bem recuperada. Resumindo: Diagnosticaram que não era tubeculose e sim pneumonia aguda. Os óleos realmente fez toda a diferença e os comentários médicos de não entenderem porque nos exames não acusava nada, tudo normal, era que intrigava.

Outro depoimento:
Um senhor com idade próximo dos 60 anos, tem uma hérnia, que depois que começou a usar os óleos, ela começou a diminuir e já está quase no mesmo nível da barriga e amolecendo, já que antes estava bem dura. Ele também tem próstata acrescida e indicaram a cirurgia, pois, estamos esperando para ele fazer um novo exame do PSA e termos a surpresa. Um abraço!"

Conclusão: É fácil entender isso e ver a potência destes óleos milagrosos. Num tratamento convencional para a tuberculose, teria um tratamento demorado com antibióticos fortíssimos e no final só deus pra saber como estaria este corpo em relação aos efeitos colaterais destes químicos no organismo.
Pois bem, provamos aqui que os óleos da mata são antibióticos poderosíssimos e o mais importante: inofensivos, isto é, sem contra indicações nenhuma e o inacreditável, vejam vocês que ela com 3 dias já se sentou, tinha apetite para comer e com 10 dias teve alta. Penso eu: meu Deus, mas que potência tem estes óleos do milagre para reverter uma infecção desta magnitude!
Só Deus mesmo para explicar isto. É inacreditável ou mesmo surreal.
Que deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

1 ano do Blog Mata Viva.

Hoje, estamos comemorando 1 ano de blog, com as mais de 80 publicações, que sempre visa contar as histórias vividas por mim e por pessoas que conheci ao longo dos 10 anos de conhecimentos e pesquisas com os produtos naturais da mata, que acima de tudo, tento dar-lhes a solução natural, prática e fácil de curar as mais diversas moléstias! Só tenho a agradecer por todos os leitores interessados nesses relatos reais contados sem frescura, que resultou nas mais de 22 mil visualizações. Após todos os agradecimentos, quero explicar-lhes também algumas coisas que deve ter aguçado a curiosidade de todos; Os óleos naturais e milagrosos da mata são inteiramente puros e da mais alta qualidade, e é com grande competência e trabalho, que eu mesmo me encarrego de fazer os manejos anuais dos mesmos, isso justifica o nome do blog -Mata Viva Engenharia- e eu, com toda a dedicação quero ajudar muito mais gente que sofre com qualquer que seja o tipo de moléstia. Depois quero que me contem como foi o uso, como os óleos e castanhas reagiram em seu organismo e sobre a cura, para que eu possa publicar aqui no blog, assim como foi feito em todos os casos nesse tempo. Todas as histórias são relatos de pessoas que viveram algum período sofrendo, seja com doenças simples ou não, e que foram enganadas pelas indústria multimilionária farmacêutica, mas que obtiveram o resultado desejado com os mais simples recursos: os naturais.
Outra coisa: Fui procurar notícias sobre os óleos e castanhas na internet, e sinceramente, nunca li tanta bobagem e frescura! Querem saber o que deveria ter na bula natural ? Vou lhes dizer: Tomem 4 gotas de Copaíba, 2 gotas de Andiroba, comam 2 Castanhas do Pará diariamente e esperem os resultados! Garanto-lhes que difíceis serão o surgimento de doenças.
Prezo acima de tudo a caridade humana, principalmente naquilo que o ser humano tem de mais importante: a sua saúde! A minha maior alegria é a cura de um doente. Não se deixem ser enganados..!
Que Deus nos proteja!

Como os óleos milagrosos da mata fazem o pâncreas voltar a funcionar.

Na maioria das vezes, as pessoas tomam os óleos de copaíba e andiroba como depurativo sanguíneo, isto é, para limpar o organismo e também como proteção; para melhorar o sistema imunológico. Mesmo que a pessoa esteja "sadia", as vezes ela pode ter alguma coisa, alguma doença,  não nos conta e lógico: nem ficamos sabendo.
Existe um tipo de diabete, que já em estado avançado, a pessoa precisa tomar injeção de insulina todos os dias e isto acontece porque o pâncreas, que é o órgão que fabrica a insulina, para de funcionar e nem sabemos o porque.
Num determinado dia, vendemos óleos a um senhor como proteção, mas ele não nos disse que tomava injeções de insulina todos os dias; pois bem, este senhor foi operar, parece que a operação se complicou e ele ficou entubado uns 7 dias, quando então despertou -esta história quem nos contou foi sua filha-, quando ele acordou, perguntou ao pessoal que estava ao seu lado, como fizeram para aplicar as injeções de insulina nele daquele estado, e o responderam que ninguém aplicou injeções de insulina nele nesses dias todos, pois os exames feitos detectaram que o sangue estava normal em relação a glicose. A operação deste senhor foi um sucesso, eu acho que por causa do reforço que ele teve com sangue novo, tomando copaíba e andiroba algumas semanas antes. Quanto as injeções de insulina, ele foi ao médico, fizeram novos exames e o doutor o disse que seu pâncreas estava fabricando insulina, por isso, era desnecessárias as injeções.
Pelo o que sua filha nos falou, parece que já faziam ao menos uns 5 anos que ele tomava as injeções. Não acreditamos quando ouvimos aquelas palavras de sua filha e pensamos: Ora bolas, mas então quer dizer que os óleos medicinais puros da mata fez o pâncreas voltar a funcionar fabricando insulina naturalmente ?  Após isso, quisemos fazer testes com mais 2 diabéticos na mesma situação, e então.. O mesmo resultado!
Conclusão: Não sei como, nem de que maneira, mas estes óleos medicinais fantásticos, no caso deste senhor, fez o pâncreas voltar a funcionar; e o mais fantástico ainda para mim, é que já faziam 5 anos. Como isto aconteceu ? Eu não sei, ninguém sabe! Por isso nós achamos que estes óleos  tem alguma coisa de sagrado, só isto para explicar um milagre desses. É difícil de acreditar, mas é o inexplicável acontecendo na nossa vista. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Óleos medicinais para cálculo renal.


Vou contar essa história porque hoje vendi óleo para um senhor de São Paulo e ele me perguntou se era bom para cólica de rins, eu lhe contei uma breve história e ele falou que se eu tivesse um artigo pronto, era para passar para ele, então resolvi escrever esse artigo rapidamente:
Minha família quase toda tem problemas de pedras nos rins, que de vez em quando, devido ficar muito grandes, costumam tampar os canais por onde passam a urina e aí vem a cólica de rins que só quem já teve para saber a dor. Dizem que a dor é igual ao parto de uma mulher.
Desde muito jovem, com uns quinze anos aproximadamente, comecei a ter cólica de rins, que quando vinham, eu corria para o pronto socorro para tomar buscopan na veia, então melhorava, eu ia embora e tudo bem. Mas não me esqueci de uma cólica de rins que tive já com uns 40 anos, onde a dor era tanta que não sei como cheguei na farmácia para tomar buscopan, pois achava que ia desmaiar de dor. Consegui chegar e o farmacêutico meu amigo me aplicou uma injeção que quase não adiantou, ele me disse para correr para o pronto socorro. Chegando lá minha esposa explicou ao médico o acontecido, pois eu mesmo, nem falar direito conseguia. Me lembro que o doutor preparou uma injeção azul ou rosa, não lembro mais a cor, só sei que era uma cor viva diferente das injeções incolores que a gente acostumou a ver, e pra vocês terem uma idéia da situação, essa injeção foi aplicada na pele, por fora, diretamente no rim, foi o que me aliviou a dor. Só sei que no outro dia, com a maior dificuldade de urinar, forcei e saiu uma pedra que escutei o barulho quando caiu. Pois bem, essa pedra é formada por uma areia que vai se ajuntando e acaba formando a mesma. Há uns 10 anos, quando descobri os óleos medicinais, comecei a tomar e os tomo todos os dias; 4 gotas de copaíba e 2 de andiroba cedo, em jejum e a noite antes de dormir, e então nunca mais tive cólica de rins.
Conclusão: Esses óleos expelem a areia, limpam o que iria ajuntar e iria formar as pedras. Essa mesma areia, com o tempo, pode dar origem a outras doenças do tipo: gota, artrite, artrose etc. Escrevi este artigo rapidamente para que pessoas que passam por esses mesmos problemas, possam saber que usando esses óleos medicinais puros, podem se prevenir de coisas simples, mas que podem ser extremamente dolorosas. Que Deus nos proteja!
Contato: matavivaengenharia@gmail.com